A nova leva de “piás de prédio”

microradical

Sim, era para ser mais um post engraçadinho desses da categoria Comic do Fogo na Caixa d’água, não fosse a minha maravilhosa idéia de aproveitar para dar uma “cutucada” sobre o que está acontecendo no mundo em relação à tecnologia.

Antes de mais nada gostaria de deixar claro minhas intenções: não estou contra tecnologia (muito ao contrário sou totalmente favorável), não quero criticar educação tampouco pretendo mudar algo da maneira como educam seus filhos e não pretendo ser saudosista tecnológico.

A tecnologia tem andado a passos largos, sendo que a dificudade de acompanhá-la é grande. Mas neste contexto gostaria de saber exatamente a quantas andam as nossas lembranças, de onde viemos (tecnologicamente falando). Me pego vendo os jovens de hoje, cheios de “tech girias” encurtando as palvaras, sumindo com acentos. Não me surpreenderia nada se os cadernos destes estiverem com as matérias de escola escritos iguais ao que se é escrito no msn por exemplo.

Lembro bem de ter visto uma matéria com adolescentes (idade entre 11 e 14 anos) que foram convidados a experimentar jogos de consoles antigos (Master System, Mega Drive e claro o clássico Atari), nesta matéria, que até palavrões foram ditos pelos adolescentes, sairam indagações do tipo: “Como alguém conseguia jogar esse lixo?” ou “Nossa é muito fácil! Nem dá graça.”. Claro que em comparação com o que temos hoje esse tipo de tecnologia é ultrapassado, mas sem esse “start”, não teriamos os consoles espetaculares que existem hoje.

Mais uma questão nesse embaralhado tecnológico de “Hoje vs Ontem” é que antigamente (meu tempo de criança) aproveitávamos mais, muuuitooo mais com nossos amigos na rua brincando do que com amigos virtuais sentado a frente de um computador. “Cadê o contato humano!?”.

Não vou me alongar no assunto, só queria dizer para aproveitarmos tudo o que a tecnologia nos oferece hoje, mas não vamos esquecer o quão importante é a evolução de tudo isso.

Share this post

2 comments

Join the conversation
  • Daniel Kühl Lima - 16/09/2009 reply

    “Não me surpreenderia nada se os cadernos destes estiverem com as matérias de escola escritos iguais ao que se é escrito no msn por exemplo.”

    Essa frase falou tudo… é a realidade atual, onde professores são cobrados pelos pais pelo baixo desempenho do aluno sendo que a 10 anos atrás os pais brigavam com seus filhos… Lamentável.

    Muito bom o post, a tirinha matou a pau.

  • denis - 18/09/2009 reply

    Tah faltando bola de gude na mão da piazada mesmo.

Join the conversation