Momento Fogo na caixa d’água: “hurricane mode”

Hoje recebi a “newsletter” de um datacenter, e definitivamente é um caso típico de “Fogo na caixa d’água”.

Resumindo a história, o que aconteceu foi o seguinte: os caras compraram um gerador de US$ 200.000,00 (duzentos mil dólares) preparados pra uma eventual catástrofe em caso de furacões (comum nos EUA); na rua do escritório da empresa, que fica em Dallas, um transformador explodiu e caiu uma das fases, como era de se esperar, o gerador NÃO FUNCIONOU, isso parece coincidência? essas coisas novas não funcionarem quando se precisa? eu já ví muito disso acontecer…

Íncio do pânico: aproximadamente 13:30.

Nesse meio tempo, com a alta demanda de energia do prédio e o fornecimento prejudicado, o resultado, além do pânico, foi o ar-condicionado queimado (US$ 35.000,00) o motor do elevador fritou (US$ 10.000,00) e outros equipamentos do prédio mal funcionando sem custo estimado, a expectativa é que o prejú por conta dessa falha é acima da casa dos US$ 60.000,00.

A parte interessante é que no momento que todos estavam em pânico, nego ligando pra manutenção, pra eletricistas etc, os gerentes da empresa entraram no modo “hurricane mode”, ou seja, pânico oficializado.

Término do pânico: aproximadamente 22:35.

A empresa mandou seus funcionários pra casa em regime Home Office.

Graças ao bom senso dos diretores da empresa, o Data Center com os dados dos usuários não fica no mesmo prédio, ou seja, os clientes não foram prejudicados em nenhum momento.

Motivo da falha do gerador: por conta da manutenção feita a menos de uma semana antes por empresa terceirizada que colocou um filtro de combústivel errado e ocasionou a falha do gerador no momento em que deveria ter ligado.

O endereço da história completa é: http://blog.hostgator.com/2009/08/10/anatomy-of-an-outage/

Be Sociable, Share!
 banner ad
%d bloggers like this: