Como habilitar o Query Cache no MySQL

O Query Cache é bastante interessante para otimizar os acessos ao MySQL que fazem muitas solicitações de SELECT, pois reaproveita SELECTs executados anteriormente e valem para quando outros clientes executam a mesma QUERY não acessando assim o Banco de dados diretamente, mas utilizando o CACHE.

Mais detalhes de como funciona o Query Cache do MySQL pode ser visto nesse post

Habilitando o Query Cache

Primeiramente você precisa localizar o arquivo my.cnf, geralmente esse arquivo está em /etc/my.cnf ou /usr/local/etc/my.cnf e adicionar essas duas linhas na sessão [mysqld]

query_cache_size = 16M
query_cache_type=1
Nota

Um valor razoável para iniciar é 16M (16 megas), você pode aumentar esse valor caso haja necessidade.

E reiniciar o serviço do MySQL.

No Linux CentOS / Red Hat dá-se dessa forma:

service mysql restart

No FreeBSD é assim

/usr/local/etc/rc.d/mysql-server restart

Contanto que tenha instalado o MySQL no FreeBSD através do ports ou como pacote, se foi feita uma instalação “na mão” você terá que reiniciar o serviço de acordo com o seu ambiente.

Share this post

Join the conversation